Trabalhadores aprovam acordo coletivo do Sintrial Dois Vizinhos com a BRF

Em assembleia geral, os trabalhadores nas indústrias de alimentação de Dois Vizinhos aprovaram o acordo coletivo do Sintrial com a BRF. A proposta colocou fim a meses de negociações e formaliza um aumento salarial de 2,55%.

O salário de contratação dos trabalhadores passou de R$1.213 para R$ 1.245. Já o piso de efetivação – após 3 meses de contratação – subiu de R$ 1.271 para R$ 1.304. Os valores são retroativos a 1 de novembro de 2019 e valem até 31 de outubro de 2020.

Com relação à alimentação/cesta básica, o valor de R$ 204 passa para R$ 215 a partir de março, R$ 230 a partir de agosto e R$ 237 a partir de outubro.

No Auxílio-Escolar foram mantidas as mesmas regras e condições do ACT anterior, com pagamento na folha de abril. Para este benefício, o trabalhador deve apresentar a documentação exigida até o dia 20 de março.

Na semana da Páscoa, também serão entregues aos 2,9 mil funcionários um kit com produtos da BRF.

Para o Quinquênio foram mantidas as regras da ACT anterior, com exceção para o teto, que passou para R$ 2.110, a partir de fevereiro de 2020, com o pagamento da diferença relativa ao mês de fevereiro na folha de maio de 2020.

“Este foi mais um ano com negociações difíceis, mas entendemos que precisávamos chegar a um acordo e ele foi efetivado por unanimidade em nossa assembleia. Tivemos um ganho que acompanha a inflação do período e continuaremos lutando pelo ganho real”, explica a presidente do Sintrial Dois Vizinhos, Marilene Martins Moreira.

Fonte: Sintrial Dois Vizinhos